museu 002
museu 032
museu 004
museu 003
museu 030
museu 029
museu 027
museu 028
museu 026
museu 025
museu 024
museu 021
museu 020
museu 023
museu 022
museu 019
museu 017
museu 018
museu 03131
museu 007
museu 008
museu 005
museu 006
museu 016
museu 014
museu 015
museu 013
museu 010
museu 012
museu 011

detalhamento

CADERNO A3 - FINAL-03
CADERNO A3 - FINAL-04
CADERNO A3 - FINAL-05
CADERNO A3 - FINAL-06
CADERNO A3 - FINAL-07
CADERNO A3 - FINAL-08
CADERNO A3 - FINAL-09
CADERNO A3 - FINAL-10
CADERNO A3 - FINAL-11
CADERNO A3 - FINAL-12
CADERNO A3 - FINAL-13
CADERNO A3 - FINAL-14
CADERNO A3 - FINAL-15
CADERNO A3 - FINAL-16
CADERNO A3 - FINAL-17
CADERNO A3 - FINAL-18
CADERNO A3 - FINAL-19
CADERNO A3 - FINAL-20
CADERNO A3 - FINAL-21
CADERNO A3 - FINAL-22
CADERNO A3 - FINAL-23
CADERNO A3 - FINAL-24
CADERNO A3 - FINAL-25
CADERNO A3 - FINAL-26

Vídeo maquete:

Museu do Enxaimel

O projeto consiste em revitalizar a casa enxaimel do Arquivo Histórico de Joinville, transformando-a
em um Museu do Enxaimel, consagrando assim à conservação e à exposição de coleções que tenham um valor histórico e cultural.
Sendo assim, mantendo a memória dos tempos passados viva, transmitindo conhecimento e
mostrando a identidade inicial do povo Joinvilense. A destruição dos bens herdados das gerações passadas acarreta o rompimento da corrente do conhecimento, desta forma, o museu irá manter viva a história do enxaimel para as gerações futuras, mostrando-lhes as técnicas construtivas, as casas que ainda existam ou que já existiram na cidade de Joinville, por meio de registros fotográficos, esquemas ilustrativos e objetos adquiridos por doações.

JUSTIFICATIVA


A ideia surgiu através de uma analise espacial no local e seu entorno, a casa comunicava alguns sinais evidentes a serem levados em conta no projeto, que são: sinal de abandono e deterioração provocados pela falta de uso e manutenção preventiva. Outro sinal é o de não reconhecimento por parte da comunidade (muitas pessoas que passam em frente a casa, nunca sequer reparam sua existência), conseqüência da
localização próxima a um marco histórico da cidade e uma construção de proporções avantajadas que acabam a transformando em uma "casinha de bonecas" ao lado da maciça edificação modernista.
Com estes sinais foram planejadas intervenções que respeitassem fatores como os de reversibilidade, mínima intervenção e distinguibilidade.
A primeira intervenção era construir um invólucro protetor para barrar sua deterioração, e aumentar sua área de uso para potencializar a criação de uma museu das técnicas de construção enxaimel, criando uma conexão com o arquivo histórico e casa da cultura. Suas proporções foram pensadas
para se destacar e compor uma narrativa ao lado do arquivo histórico, sendo distinguível porem harmônico no seu contexto.
Na fachada foram aplicadas proporções e formas das técnicas enxaimel, porem com materiais construtivos contemporâneos gerando distinguibilidade entre a casa e o seu museu invólucro.
Para entrar iluminação natural e ventilação fora pensado uma cobertura de vidro retrátil e outra com painéis foto voltaicos para gerar energia ao museu quando estiver fechada, ambas ficam embutidas no telhado deixando-o energeticamente sustentável.
O objetivo geral do projeto é criar um ambiente agradável, que se preserve e transmita conhecimentos das técnicas do enxaimel para a comunidade, e que possam ser usados para educação patrimonial alinhada com a historia e cultura de Joinville e região.
 

Ano / projeto: 2017

Joinville / SC

Área: 1.000 m²

Obra: não construída

Terreno: 3.000 m²

obs: Projeto acadêmico - Restauro

Autores: Wyllian H. Kohn

               Alesandro Oliveira

               Vanessa Pacheco Piovesan

H. Kohn Arquitetura + Design Joinville

Contato: hkohndesign@gmail.com

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Instagram
Copyright © 2018  |  All rights reserved